AVvXsEjPWP4z5ymBuDdbnifw7KmfLlzDu2tzd_9BHKN7m2S031ZTBe3G6OsHZEJa9Be_ZqT-M4l08Dp5lF04NItjTmtV5GKm3VUu0kcMDwD57XOGxUiDTf0vAKzHMYQ32mA2VB1wt8hxrkLUUzdzK7pV3KrLdXN43wGlUjeno9ZaOh3yTd2NLZmZGfpW4kWT5g=w490-h245 Leonardo DiCaprio improvisou a icônica cena da caneta em O Lobo de Wall Street
Leonardo DiCaprio improvisou a famosa cena da caneta em O Lobo de Wall Street, diz Jon Bernthal. O aclamado ator americano se reuniu com o diretor Martin Scorsese no filme de 2013, que adaptou a biografia de 2007 de mesmo nome de Jordan Belfort. Embora algumas audiências considerem polêmica sua descrição de depravação excessiva, o filme foi avaliado positivamente pelos críticos e DiCaprio foi indicado ao Oscar por sua atuação principal. Como um relato da ascensão e queda de um homem como corretor de ações corrupto, O Lobo de Wall Street contém muitas histórias supostamente verdadeiras que desafiam a crença, e o filme, portanto, joga com a confiabilidade do personagem de DiCaprio como narrador. No entanto, independentemente de o que ocorre em cada cena realmente ter acontecido, todas foram realmente filmadas, e a produção do filme de Scorsese ganhou status de lenda desde o seu lançamento. Os membros do elenco e da equipe compartilharam muitas brincadeiras interessantes de bastidores nos últimos anos, desde elementos tão benignos como o canto de Matthew McConaughey até outros tão chocantes quanto alguma confusão potencial durante uma cena de orgia.

Em sua recente entrevista ao site Hot Ones, Bernthal revelou que a famosa cena da caneta do filme foi improvisada. Scorsese é conhecido por abraçar a improvisação de seus atores, e Bernthal confirma que cada abordagem de O Lobo de Wall Street foi única, exigindo que todos permanecessem imersos no momento e sempre prontos para algo novo para enfrentar. O tema “Me venda essa caneta” do filme, por exemplo, veio de uma conversa entre DiCaprio e seu destacamento de segurança enquanto ele caminhava para o set:

“Muitas vezes, as pessoas falam sobre aquela cena de ‘Me venda essa caneta’, e eu a uso como um exemplo muito bom da maneira como Marty trabalha. Quando Leo estava caminhando para o set naquele dia, seu segurança era um detetive da cidade de Nova York e ele disse que tinha uma entrevista de emprego com o verdadeiro Jordan Belfort. E Leo disse … ‘Sério? Qual foi a entrevista? ‘E ele disse:’ Ele me entregou uma caneta e disse para vender essa caneta. ‘Então, Leo não contou a ninguém. Ele apenas jogou isso naquela cena. E tudo foi reativo a partir disso.”

AVvXsEjp3OcMRieO0oUkW3AnLeE7kJ8TVVZ2hdJTWXl-4MI6pBBHS4vdfwj77LEcQ0Frzu1RUaVNZ95qkBbg7AqDICX_K4851exEsaAujQY_RrFm_F2zEKIHumYQeGkgcuSjcQJqWLjAvzka-UzwXH6A48yDs4YJ4SR-hdAXROGCU8ImPmlb-9DDh6AEsopMXg=w475-h316 Leonardo DiCaprio improvisou a icônica cena da caneta em O Lobo de Wall Street
A cena chega em um ponto crucial no início do filme, quando Belfort de DiCaprio está explicando sua filosofia de vendas para seus amigos e os desafia a vender uma caneta que ele tira do bolso. O exercício ilustra como o trabalho de Belfort se baseia no princípio de convencer os clientes de que ele pode resolver uma necessidade que eles não têm, uma mentira fundamental que se constrói ao longo do filme a ponto de acabar com uma fraude. E, crucialmente, Scorsese traz de volta a configuração da venda de correspondência para a cena final de O Lobo de Wall Street, quando um pós-encarceramento Belfort dá uma palestra sobre psicologia de vendas, descendo até os ouvintes e apresentando a cada um o mesmo desafio básico.

Embora muitas das histórias da produção deste filme sejam interessantes por seu fator de choque, ou simplesmente como curiosidades, Bernthal oferece uma visão importante do processo criativo de Scorsese e como um artista pode incorporar o acaso em sua visão geral. Retratando a primeira cena à luz desta revelação, o uso de improvisação de DiCaprio é claro no ritmo das reações de seus colegas de elenco, colocando o valor da técnica como uma ferramenta de construção de personagem em exibição. Mas o fato de Scorsese poder aproveitar esse momento e ampliar seu significado ao retornar a ele na coda O lobo de Wall Street é um testemunho de sua habilidade como diretor e uma evidência de que autoria e colaboração não são mutuamente exclusivas.

👉 Siga o Nerd Connection nas redes sociais, FacebookInstagramTwitterTik TokPinterest e Youtube

👉 Participe dos nossos grupos oficiais no [WHATS APP] e [TELEGRAM], você será muito bem vindo/a. 

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *