capsule_616x353 Netflix: Filme de Bioshock escala diretor de Jogos Vorazes
A Netflix divulgou novas informações, nesta sexta-feira (26), sobre a adaptação live-action de Bioshock. Anunciado pela primeira vez em fevereiro, o filme acaba de ganhar nomes de peso para sua produção. A direção ficará por conta de Francis Lawrance, diretor austríaco responsável por quatro filmes da franquia Jogos Vorazes. Michael Green, roteirista de Logan e Blade Runner 2049, irá assinar o roteiro.

🧪🧬⚡️BIOSHOCK NEWS⚡️🧬🧪

Francis Lawrence (The Hunger Games: Catching Fire, I Am Legend, Slumberland) has joined to direct the live action film adaptation with Michael Green (Logan, Blade Runner 2049, Death on the Nile) writing the screenplay. pic.twitter.com/xG03TfM0Qx

— Netflix Geeked (@NetflixGeeked) August 25, 2022

A nova tendência da indústria dos games é apostar em adaptações live-action de franquias famosas, como vimos com Uncharted: Fora do Mapa e a série inspirada em Halo. A Sony é uma empresa que está investindo bastante em adaptações de seus jogos, com uma série de The Last of Us Part programada para estrear na HBO Max em 2023. Jogos como Days Gone e até mesmo o peculiar RPG Gravity Rush tiveram adaptações confirmadas.

A Netflix aposta pesado no título, como podemos ver pelos nomes chamadas para o projeto. Francis Lawrance tem vasta experiência no cinema e foi ele quem adaptou Jogos Vorazes: Em Chamas, e as duas partes de Jogos Vorazes: A Esperança. Além disso, o diretor também é conhecido pelo seu trabalho em Eu Sou a Lenda, filme de 2007 que estrelava Will Smith em um mundo dominado por zumbis.

bioshock-netflix-filme-diretor Netflix: Filme de Bioshock escala diretor de Jogos Vorazes

Filme de Bioshock já foi cancelado duas vezes

A adaptação da Netflix não é a primeira vez que tentam levar a franquia Bioshock para as telonas. De acordo com informações do portal Deadline, em 2008 a Universal Studios ficou responsável por adaptar o game. O projeto envolvia Gore Verbinski, diretor da trilogia Piratas do Caribe, mas foi cancelado por questões orçamentárias. 

Durante o ano de 2013, o diretor foi novamente cotado para a adaptação. Informações apontam que a segunda tentativa falhou novamente por questões orçamentárias e por discussões envolvendo a classificação indicativa pretendida pela Universal Studios. 

A adaptação da Netflix será produzida pela 2K Studios e a Vertigo Entertainment e a promessa é uma obra que faça jus à história contada pela amada trilogia. Por enquanto, não há informações sobre uma data de lançamento e ainda deve demorar para vermos o primeiro trailer da adaptação.


Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *