avatar-o-caminho-da-agua-2 Avatar 2 foi inspirado no Brasil; entenda

Você sabia que James Cameron se inspirou no Brasil para abordar o tema central de “Avatar: O Caminho da Água”, que chega nesta quinta-feira (15) nos cinemas brasileiros? A sequência estreia quase 15 anos após o seu antecessor, lançado em 2009, fazer história ao se tornar a maior bilheteria do cinema, e carrega um toque brasileiro na construção de sua história, focada na família.

Segundo o produtor Jon Landau (“Alita: Anjo de Combate”), Cameron buscou inspiração nas relações familiares de brasileiros para a história. “Família é o coração da sequência de ‘Avatar’, é o tema universal”, explicou durante participação na CCXP22, realizada no início do mês; “Inclusive, as viagens de Jim [James Cameron] para o Brasil inspiraram o filme, porque família é algo muito importante por aqui”.

Na trama, Jake (Sam Worthington) e Neytiri (Zoë Saldaña) são pais de quatro filhos e não medirão esforços para mantê-los seguros, o que pode acabar ocasionando atritos na relação do casal, guerreiros em sua essência. Durante uma entrevista ao site ScreenRant, os atores explicaram como o fato de terem se tornado pais mudou completamente a motivação de seus personagens:
1129555519-i659933 Avatar 2 foi inspirado no Brasil; entenda
“Eles sempre foram guerreiros. Isso é exatamente o que eles são, seja um Jarhead ou seja a filha do chefe do clã dos Omaticaya, o que fez com que fosse imposto a eles liderar o povo. No entanto, essa responsabilidade é superada quando você tem filhos. Ter filhos é a maior responsabilidade que se pode ter”, afirmou Worthington.

“Você está protegendo essas crianças, não apenas de se machucar, mas também de outros fatores, já que elas vão querer imitar seus pais. Eu acho que essa é a bagagem que eles carregam, e é por isso que fogem. Acho que Jake escolhe ser um pacifista, o que vai contra todos os instintos que estão neles”, acrescentou o ator.

Saldaña complementou dizendo que essa responsabilidade se mistura com o conflito de pais verem seus filhos crescerem e terem sua independência. “Eu acho correlacionável essa luta entre pais e filhos, de amá-los tanto, mas às vezes perceber que você está amando de uma maneira tão forte que acaba os segurando. E você tem que simplesmente deixá-los ir. E quando seu filho lhe diz: ‘Deixe-me ir’, o que você faz? Isso para mim foi angustiante”, revelou a atriz.

O que sabemos sobre Avatar 2

“Avatar: O Caminho da Água” apresentará ao público os filhos de Jake e Neytiri: Kiri, sua filha adotiva (interpretada por Sigourney Weaver), que tem laços com a Dra. Grace Augustine; o primogênito Neteyam (Jamie Flatters); Lo’ak (Britain Dalton); e a caçula, de oito anos, Tuktirey “Tuk” (Trinity Jo-Li Bliss).

Ao se tornarem pais, Jake e Neytiri percebem que os riscos agora são muitos mais altos, principalmente quando os filhos têm o desejo de seguir os passos de seus pais como guerreiros e líderes do clã em que cresceram.

Esse desejo é especialmente perigoso quando a ameaça é a RDA, que têm Jake e Neytiri como alvos. A dupla foi fundamental para a derrota de RDA, com Jake traindo seus antigos empregadores ao final do primeiro filme.

No entanto, com a possibilidade do RDA novamente ataca Omaticaya, a família Sully deve tomar a decisão de procurar abrigo com o povo Metkayina Na’vi. Apesar disso, a escolha dos pais pela fuga acaba gerando um conflito familiar após os filhos optarem por lutar contra os inimigos. Assista ao trailer:

Related Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *